quarta-feira, 20 de maio de 2009

Reencontro

Revelo-te o meu âmago, entrego-me sem restrições.
Abandono-me nas tuas mãos e fecho os olhos.
Respiro o ar puro a plenos pulmões e falo-te de mim.
Renovo a confiança e entro na montanha russa da tua vontade e sonho com a adrenalina que me aguarda.
Viciado em adrenalina, vicio-me em ti.
Recosto-me e aguardo a tua força, que me empurra para o êxtase da vida.
Com o vigor do teu beijo a força do teu abraço sinto o rejubilar da minha alma.
Reencontro o sentido da vida, vou erguer-te um templo dentro do meu coração.
Desejo novamente descer as curvas do teu corpo, conquistar os teus seios como se da mais importante montanha a atinjir se tratassem.
És o meu Evereste que tanto me retira o ar dos pulmões como a seguir me faz sentir absolutamente pleno por te atingir.
Sedutor Vesúvio com toda a sua capacidade explosiva, sinto-te capaz de tudo.
A pura verdade é que meramente o toque dos teus lábios me faz pensar em aventura.
Redescubro o meu ânimo, vontade de me transformar num James Cook que navega nas águas profundas do teu ser.
És o farol que me guia e redirecciona para a vida que sempre sonhei.
Sou aventureiro, conquistador, o viciado na doce adrenalina que o teu toque me traz.
Todo o meu corpo vibra e reclama o quinhão enriquecedor do teu sorriso.
Descubro o que sou e o que pretendo construir a cada palavra tua.
Cada movimento teu seduz o meu ser e desencadeia o desejo mais profundo.
Sonho em te envolver em mim, fazer-te parte de mim.
Recosto-me no conforto dos teus braços, na confiança de que me direccionas no caminho certo.
O caminho do resto das nossas vidas.

Sem comentários:

Enviar um comentário