sábado, 6 de junho de 2009

Dream

Anseio pela imoralidade do desejo ardente do teu amor.
És epopeia histórica de vida descrita pelo traço de um Deus que concede a plenitude de felicidade.
Com o coração tantas vezes dilacerado pela lança do carrasco, na névoa do espírito agarro o vislumbre da esperança.
Encontro em ti o solo fértil onde posso alimentar a minha alma e o meu ser.
A presença da tua essência é o esteio da minha alma.
Farei de ti a fortaleza do meu mundo e dentro dela construirei o meu lar, o nosso lar.
Tomarei as seis letras do teu nome e com elas coroarei o firmamento.
Cada letra formará uma constelação de estrelas e com elas pintarei o meu céu.
Porque o teu sorriso, esse é o meu universo.
Sou um ser taciturno, tantas vezes perdido e sem rumo que se dirigiu a ti como um comboio desgovernado e agora se encontra colado a ti, orientado pelo teu amor.
O verde dos teus olhos é o meu prado de sonho onde irei colocar os alicerces do lar que tanto almejo.
Em ti obtenho a segurança de que serei pleno e poderei sempre lutar por nós, pelo futuro.
És parte de mim e sem ti respirar deixaria de fazer sentido porque te amo, não só com o coração, mas com todas as fibras do meu ser
.

Sem comentários:

Enviar um comentário