terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

A pele do lobo

Esta noite o pôr-do-sol significa tanto.
Anteriormente já senti o vazio que me surpreende de novo.
Visto novamente a pele do lobo.
Levanto a cabeça e aceito as perdas.
Nova metamorfose do homem lobo que sente de novo o chamamento da lua.
Condenado a sentir a chama, o ardor do sangue.
Recordo-me dos jardins floridos que me abandonam a alma.
Retorno a ver o preto e o branco.
Procuro o odor da vida, a paz que jamais encontrarei.
O bater do coração do lobo acompanha-me e faz-me vibrar o peito.
O predador perfeito, solitário dentro do que almejo.
Vou de encontro ao negro da alma, agarro a vida por entre as presas do destino.
Sou o incessante amante dos lagos, dos penhascos onde me sento a contemplar o meu único grande amor, o espelho da lua.
Guardo dentro de mim o espírito do homem que de mim faz o sobrenatural ser da imaginação Humana.
Sou o lobo, revivo como sempre desejei.
Guardo a ferocidade para as lutas a que me reservo.
Amo a noite, e todas as criaturas a que me dedico, sou parte delas.
Alimento o meu apetite voraz de vida, danço por entre as chamas das fogueiras dos corações que ardem por desespero.
Desperto os sentidos que outrora jaziam adormecidos, encontro a voz do lobo dentro de mim.
Vibro com o despertar do instinto animal, convivo com os elementos.
Persigo as minhas presas com a tenacidade do ser absolutamente criado para a caçada.
Almejo a obtenção das almas que me preenchem o ser.
Sei que tenho de viver esta vida, sou para o que fui desenhado, sou meramente mais um desígnio da natureza.
Amo o corpo de lobo, a pele, os instintos.
Preservo o espírito do homem embora em estado latente sobre o instinto do animal.
Sigo o meu coração e dirijo-me a passos largos para as minhas origens.
Para sempre destinado a ser o campeão solitário que canta para a lua sabendo que no dia da morte a ela se unirá.
Sou o homem que sabe que a pele do lobo é para sempre dele, sou e serei sempre o espírito homem que habita dentro do lobo.
Habito nos sonhos dos puros.
Coabito com o  lobo dentro do meu coração.
Sou o lobo.

Sem comentários:

Enviar um comentário